#Nutrição - Consumo de Carnes Vermelhas e Câncer (Comunicado OMS)

Olá pessoal!

Ontem só se falava em um assunto: o comunicado que a A International Agency for Research on Cancer (Agência Internacional de Pesquisas em Câncer, da Organização Mundial da Saúde divulgou sobre o consumo de carnes vermelhas e câncer. 

Para nós do meio acadêmico, não é nenhuma novidade. Afinal, sempre nos deparamos com estudos associando o consumo de alimentos processados, com a carne vermelha e gorduras associados a um padrão inflamatório e, consequentemente, à doenças crônicas não transmissíveis.  

Alguns meios de comunicações, publicaram o título da notícia, mas não explicaram o comunicado. Fiz a tradução do comunicado e quem quiser, pode ler o comunicado oficial aqui

Não coloquei minha opinião ou comentários sobre o assunto, gostaria que cada um refletisse sobre o que é o melhor para a saúde. Se você ainda consome carnes e não é vegetariano, minha recomendação  é limitar o consumo de carnes vermelhas a uma vez por semana, no máximo 100g, e excluir as carnes processadas. 

iarc.png

Carnes Vermelhas*

Após revisões na literatura cientifica, um grupo de 22 pesquisadores especialistas no assunto, de 10 diferentes países, convocados pelo IARC, classificaram o consumo de carne vermelha como provavelmente carcinogênico a humanos (Grupo 2A), baseado em evidências limitadas que o consumo de carne vermelha causa câncer em humanos e com fortes evidências que suportam o efeito carcinogênico. 

Essa associação foi particularmente observada para câncer colorretal, mas também foram observadas associações com câncer de pâncreas e próstata

Carnes processadas**

Carnes processadas foram classificadas como carcinogênicas para humanos (Grupo 1), com evidências suficientes que comprovam que o consumo de carnes processadas causam câncer colorretal. 

Efeitos do consumo de carne

O consumo de carne varia entre diferentes países, de pouco a quase 100% da população consumindo carnes vermelhas, dependendo do país, menores proporções de pessoas consumindo carnes processadas. 

Os especialistas concluíram que a cada 50 g de carnes processadas consumidas diariamente, aumentam o risco de câncer colorretal em 18%. 

“Para o indivíduo, o risco de desenvolver câncer colorretal pelo consumo de carnes processadas continua pequeno, mas esse risco aumenta com a quantidade de carne consumida”, segundo Dr. Kurt Straif, Chefe do Programa de Monografias do IARC. "

"Tendo em vista o grande número de pessoas que consomem carne processada, o impacto global sobre a incidência de câncer é de importância para a saúde pública".

O Grupo de Especialistas da IARC considerou mais de 800 estudos que investigaram associações de mais de doze tipos de câncer com o consumo de carne vermelha ou de carne processada em muitos países e populações com diferentes dietas. A evidência mais influente veio de grandes estudos prospectivos de coorte realizados nos últimos 20 anos.

Saúde Pública

"Estes resultados defendem a importânciade recomendações de saúde pública para limitar a ingestão de carne," diz o Dr. Christopher Wild Diretor da IARC. "Ao mesmo tempo, a carne vermelha tem valor nutricional. Portanto, estes resultados são importantes para permitir que os governos e as agências reguladoras internacionais para realizar avaliações de risco, a fim de equilibrar os riscos e os benefícios de comer carne vermelha e carne processada e para fornecer as melhores recomendações dietéticas possíveis."

* A carne vermelha refere-se a todos os tipos de carne de músculo de mamíferos, como carne bovina, vitela, porco, cordeiro, carneiro, cavalo e de cabra.

** Carne processada refere-se a carne que tenha sido transformada através de salga, secagem, fermentação, fumo, ou outros processos para realçar o sabor ou melhorar a preservação. Carnes mais processados contêm carne de porco ou carne, carnes processadas, mas também pode conter outras carnes vermelhas, aves, vísceras, carne ou de produtos-como sangue. Exemplos de carne processada incluem cachorros-quentes (salsichas), presunto, salsichas, carne enlatada e carne seca, bem como carne enlatada e preparações à base de carne e molhos.


Bom, acho que o comunicado já diz tudo. Vamos reduzir e/ou eliminar o consumo de carnes? Siga nossas dicas no site e na nossa página do Facebook. 

Um grande abraço,

Melissa