#Nutrição - Mulheres vegetarianas na pós-menopausa - quais os benefícios?

Olá!

Bom, no post passado comentei sobre os benefícios da dieta vegetariana. Mas e a longo prazo? O que será que acontece? Temos algumas respostas no artigo que irei comentar. 

Screen Shot 2015-09-11 at 11.13.17 AM.png

O título do artigo é: Estudo comparativo dos níveis de leptina e resistência à insulina entre mulheres coreanas vegetarianas e não-vegetarianas na pós-menopausa. 

Foram analisados dados de mulheres com as seguintes características: 

  • Saudáveis
  • Não-fumantes
  • Com consumo moderado de álcool
  • Sem suplementação
  • As vegetarianas deveriam seguir a mesma dieta há 20 anos

Na tabela abaixo, observamos que mulheres na mesma faixa de idade (não coloquei o nível de significância, mas quem tiver interesse, é só consultar o artigo) possuem aproximadamente a mesma altura, mas o peso, IMC e percentual de gordura das mulheres não-vegetarianas foram significativamente mais elevados do que nas vegetarianas. Ponto para nós! Rs 

tabela1

Quando analisaram o consumo de alimentos, por um Recordatório de 24 horas por 3 dias, o resultado foi: 

tabela2

Mais um ponto para nós! O consumo de carnes e temperos e molhos prontos estão associados a uma dieta com potencial pró-inflamatório. Enquanto a soja (espero que tenha sido orgânica), castanhas e sementes, vegetais e algas, estão associadas a um padrão de dieta anti-inflamatório. 

E as proteínas? 

O consumo de proteínas foi semelhante em ambos os grupos! As mulheres vegetarianas consumiram uma média de 50g de proteína contra 52g em mulheres não-vegetarianas.

Até agora...estamos perdendo alguma coisa? Não, né? *Atualizado, pois mudei minha visão - comentei que era a favor do consumo de leite e derivados, mas não sou mais! Irei falar mais sobre o assunto em outro post!

A única diferença foi entre o consumo de proteínas de origem animal ou vegetal. Consequentemente, as mulheres não-vegetarianas consomem mais gorduras do que as não-vegetarianas. O consumo de carboidratos também foi semelhante em ambos grupos. 

tabela3

Como já era o esperado, o colesterol e LDL das mulheres não-vegetarianas é maior do que nas vegetarianas e também acima dos valores de referência. 

Bom, o objetivo principal do estudo era avaliar os níveis de leptina, insulina e glicemia após 20 anos de dieta vegetariana. Foi concluído que há um efeito benéfico, com uma melhora na resistência à insulina e metabolismo da glicose nas mulheres vegetarianas e semi-vegetarianas (assim foram chamadas as ovolactovegetarianas) quando comparado ao grupo de não-vegetarianas. 

É isso! Um grande abraço,

Melissa


Kim M-H, Bae Y-J. Comparative Study of Serum Leptin and Insulin Resistance Levels Between Korean Postmenopausal Vegetarian and Non-vegetarian Women. Clinical Nutrition Research. 2015;4(3):175-181. doi:10.7762/cnr.2015.4.3.175.